Campanha "Sinal vermelhor contra a violência domêstica" é lançada em Adamantina e região

Publicado em: 22/06/2020 09:06

Foi lançada na tarde desta sexta-feira (19), em evento realizado na sede da 2ª Companhia da Polícia Militar de Adamantina a Campanha “Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica”.

O evento contou com a participação da juíza de direito Dra. Ruth Duarte Menegatti, juíza Dra. Luciana Amstalden Bertoncini, juiz Dr. Carlos Gustavo Urquiza Scarazzato, promotor de Justiça Dr. Marlon Robert de Sales (3ª Promotoria de Justiça de Adamantina), Capitão da Polícia Militar Eder Mazzini Bressan, delegada de Polícia da Delegacia de Defesa da Mulher, Dra. Patrícia Tranche Vásquez, policiais militares, imprensa e convidados.

Durante o evento conduzido pela juíza Dra. Ruth Duarte Menegatti, foi explanado sobre a campanha que também abrange todo o Brasil através da Associação dos Magistrados e do Conselho Nacional de Justiça, com o apoio da Sociedade Civil.

De acordo com a magistrada, a campanha tem como foco a divulgação das formas de proteção e entidades existentes nas quais as mulheres vítimas de todos os tipos de violência doméstica podem contar para a sua proteção e segurança na hora de denunciar seus agressores.

Foi explanado que o ponto mais importante da campanha, “Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica” é uma forma diferente e silenciosa que as mulheres passam a contar para poder pedir socorro diante das situações de violência doméstica e agressões.

“Elas deverão traçar um X em cor vermelha na palma da mão e simplesmente mostrar isso para funcionários de farmácias que vão se cadastrar para a campanha e capacitar seus atendentes para tomarem as providências diante desse pedido de socorro silencioso das mulheres, acionando a polícia”, destaca Dra. Ruth.

A juíza ressalta ainda que os atendentes e funcionários dessas farmácias não precisarão ser conduzidos à delegacia e nem vão precisar testemunhar, apenas irão acionar o socorro para as mulheres vítimas de violência doméstica que pedirem socorro.

Em Adamantina, por iniciativa da Juíza de Direito da comarca, Dra. Ruth Duarte Menegatti, a campanha será um instrumento de grande importância para a defesa das mulheres em casos de violência doméstica.

Vale destacar, que além das farmácias que já estão fazendo parte da campanha, outras empresas serão convidadas nos próximos passos da campanha a aderirem à ação, criando assim uma ampla rede de amparo à estas mulheres que estão sendo ou que por ventura serão vítimas da violência doméstica.

Ainda durante o evento, as autoridades puderam explanar um pouco sobre índices e a situação da região no tocante a este tipo de ocorrência envolvendo mulheres e seus agressores.

Fonte:  LifeFm



Qualquer reclamação, dúvida, comentário ou sugestão são bem vindos.

0800-7723010 | (18) 3851-9020 | (18) 99708-1491

Av. 09 de Julho, 683 - Conj.22 - Centro - Tupi Paulista

[email protected]



Todos os direitos reservados - Permitida a reprodução do conteúdo deste portal desde que autorizada.

Precisando de Internet? Conheça a abcRede Telecom.