Casal compra kits de máscaras e paga com dinheiro falso e ainda recebe troco

Publicado em: 13/05/2020 08:05
Quatro notas de R$ 100 que o casal usou para comprar as máscaras e ainda recebeu o troco (Cedida)

Quatro notas de R$ 100 que o casal usou para comprar as máscaras e ainda recebeu o troco (Cedida)

Um casal usou a malandragem para aplicar golpe nesta época de quarentena em Dracena. Eles viram uma divulgação nas redes sociais de duas pessoas moradoras na Vila Barros, que estavam vendendo máscaras de proteção facial e agiram de forma delituosa. A mulher ligou no telefone de quem vendia e adquiriu o kit de 3 máscaras por R$ 10 durante três dias e pediu troco para R$ 100 e mandou nas três vezes um rapaz ir retirar os produtos. A filha da mulher que estava vendendo os kits sem ganhar nada e, tão somente para ajudar a amiga foi quem entregou, deu o troco e pegou as 4 notas de R$ 100.

Ela disse que a primeira compra foi de um kit no dia 27 de abril, a segunda também de um kit aconteceu em 27 de abril e na terceira vez o casal comprou dois kits por R$ 20 e pagou com duas notas de R$ 100 e recebeu troco de R$ 180. Nas duas primeiras compras também pagaram com uma nota de R$ 100.

No último dia 10, o irmão da filha da mulher que estava ajudando a amiga vender as máscaras, que trabalha no comércio, descobriu que as 4 notas de R$ 100 que o casal deu como pagamento e ainda receberam o troco eram falsas.

As notas têm a mesma séria e não possuem o risco no meio como há nas notas verdadeiras.

Segundo a filha da mulher que vendia as máscaras, o rapaz que buscou e pagou com o dinheiro falso, tem cabelo curto, aparenta ter pouco mais de 20 anos e estava com um carro pequeno, de cor escura e de quatro portas. Ela conta que a mulher que ligou disse se chamar Maria e que na última vez que efetuou a compra do pedido dos dois kits dando duas notas de R$ 100 falsas, e recebeu de R$ 180 de troco, disse que um kit era para a vizinha dele. “É um absurdo, pois estamos ajudando o próximo e vem essas pessoas sem nenhuma sensibilidade e passa esse golpe em pessoas inocentes. Não ganhamos nada com isso, só ajudamos”, comentou a filha que entregou e recebeu as notas.

O caso está sendo investigado pela Polícia. Se alguém tiver alguma pista sobre o casal ligue para a DIG no telefone 3821-3753 ou ao 190 da Polícia Militar.

 

Fonte: Portal Regional / Por Marcos Maia



Qualquer reclamação, dúvida, comentário ou sugestão são bem vindos.

0800-7723010 | (18) 3851-9020 | (18) 99708-1491

Av. 09 de Julho, 683 - Conj.22 - Centro - Tupi Paulista

[email protected]



Todos os direitos reservados - Permitida a reprodução do conteúdo deste portal desde que autorizada.

Precisando de Internet? Conheça a abcRede Telecom.