Produzir álcool em gel caseiro é ineficaz, alerta química

Publicado em: 20/03/2020 09:03

Farmácias e mercados estão sendo alvos da busca do álcool em gel para o combate ao novo coronavírus. Com o aumento da procura, o produto sofre com o abastecimento nos estabelecimentos e, por isso, muitas pessoas estão recorrendo a receitas caseiras encontradas na internet ou repassadas em grupos do WhatsApp para produzirem o seu próprio álcool em gel. No entanto, a química graduada na UEL (Universidade Estadual de Londrina) Beatriz Duarte, faz um alerta: “o problema de usar receitas caseiras é o simples fato de que elas não foram testadas, portanto não tem eficácia comprovada”.

“Quando você adiciona outros ingredientes à receita como gelatina ou gel de cabelo, você compromete a solução, já que ela pode ficar muito diluída ou não homogênea suficientemente, além de também ter a possibilidade de inibir a ação do álcool e causar na receita uma reação contrária, ou seja, a proliferação de microrganismos”, esclarece.
O álcool usado para a proteção contra o Covid-19 deve ser o que possui concentração 70%, pois se for uma porcentagem menor, não há eficiência contra os vírus. E se for maior, o álcool evapora muito rápido. (Com informações Bonde News)



Qualquer reclamação, dúvida, comentário ou sugestão são bem vindos.

0800-7723010 | (18) 3851-9020 | (18) 99708-1491

Av. 09 de Julho, 683 - Conj.22 - Centro - Tupi Paulista

[email protected]



Todos os direitos reservados - Permitida a reprodução do conteúdo deste portal desde que autorizada.

Precisando de Internet? Conheça a abcRede Telecom.