Polícia Militar reconhece ‘ação inadequada’ contra cachorro ‘agressivo’ e morador de rua em Junqueirópolis

Imagens ganharam repercussão na cidade, no último fim de semana, após divulgação em redes sociais. Corporação esclareceu que instaurou inquérito para apurar o caso.

Publicado em: 03/12/2019 08:12
Caso polêmico foi registrado em Junqueirópolis — Foto: Reprodução

Caso polêmico foi registrado em Junqueirópolis — Foto: Reprodução

Um morador de rua e um policial militar envolveram-se em uma polêmica em uma praça central, na cidade de Junqueirópolis (SP), na Nova Alta Paulista, no último fim de semana, por causa de um carro

De acordo com imagens em vídeo divulgadas em redes sociais, o policial supostamente agride o morador de rua, que está em um banco na praça central da cidade junto ao cachorro.

A publicação das redes sociais gerou grande repercussão.

Moradores da cidade disseram que o morador de rua também agiu agressivamente contra o policial militar.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado na Delegacia da Polícia Civil, que também vai encaminhar o caso à Polícia Militar.

Em nota à oficial divulgada nesta segunda-feira (2), a corporação lamentou o episódio, reconheceu que houve uma “ação inadequada” e esclareceu que instaurou Inquérito Policial Militar (IPM) para a “apuração rigorosa dos fatos”.

Confira a íntegra:

“Na tarde de ontem (1º), chegou ao conhecimento da Polícia Militar um vídeo divulgado por meio de redes sociais, envolvendo uma equipe policial militar, um cidadão e um cachorro em uma praça na cidade de Junqueirópolis.

Inicialmente os policiais militares foram acionados para atender ocorrência de animal agressivo na praça, fato este recorrente na cidade, inclusive com encaminhamento a outros órgãos competentes.

O 25º Batalhão de Polícia Militar do Interior lamenta o episódio, pois, após análise das imagens, verificou-se que houve uma ação inadequada do policial militar, o qual não reflete o preconizado em treinamentos e na doutrina de defesa do cidadão.

Cabe ressaltar que a Polícia Militar não compactua com nenhum tipo de irregularidade praticada pelos seus integrantes, sendo implacável com os desvios de conduta.

Foi instaurado Inquérito Policial Militar para a apuração rigorosa dos fatos”.



Qualquer reclamação, dúvida, comentário ou sugestão são bem vindos.

0800-7723010 | (18) 3851-9020 | (18) 99708-1491

Av. 09 de Julho, 683 - Conj.22 - Centro - Tupi Paulista

[email protected]



Todos os direitos reservados - Permitida a reprodução do conteúdo deste portal desde que autorizada.

Precisando de Internet? Conheça a abcRede Telecom.