Agentes apreendem 11 pedaços de papeis com suposta droga “K4” na penitenciária de Presidente Bernardes

Materiais estavam sob posse de familiares de sentenciados em dias de visitação, no último fim de semana

Publicado em: 08/11/2019 08:11
Agentes apreendem 11 pedaços de papeis com suposta droga “K4” na penitenciária de Presidente Bernardes

Agentes apreendem 11 pedaços de papeis com suposta droga “K4” na penitenciária de Presidente Bernardes

Nos dias 02 e 03 de novembro, estabelecimentos prisionais subordinados a Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste) registraram tentativas frustradas de inserção de objetos ilícitos nos presídios e que foram barrados durante os procedimentos de revista. Vale lembrar que os visitantes flagrados são excluídos do rol de visitas e levados à Delegacia de Polícia Civil mais próxima, sem prejuízo de responderem na esfera criminal. Também é instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os materiais podendo, ainda, ser instaurados Procedimentos de Apuração Preliminar para apurar supostas responsabilidades funcionais.

SÁBADO (02.11.2019)

PENITENCIÁRIA DE FLÓRIDA PAULISTA

Durante procedimento de revista dos materiais trazidos pela Sra. J.T.O.Q., companheira do sentenciado I.A.V., foi constatado que havia uma substância esverdeada, aparentando ser entorpecente (maconha), misturada em 03 (três) pacotes de fumo desfiado. Diante da apreensão, a Polícia Civil foi acionada e conduziu a visitante, bem como a substância apreendida, até a Delegacia de Polícia local para a elaboração do boletim de ocorrência e demais providências pertinentes. A visitante em questão foi suspensa administrativamente do rol de visitas do sentenciado, conforme ordena a legislação vigente, sendo ainda instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade do detento que receberia o material.

PENITENCIÁRIA “ASP LINDOLFO TERÇARIOL FILHO” DE MIRANDÓPOLIS II

Após o horário de visita, por volta das 13h40, durante a saída dos visitantes, ao ser submetida aleatoriamente a revista mecânica (scanner corporal), como é de praxe nos finais de semana, a Sra. W.C.O.M, irmã do sentenciado W.R.O., foi surpreendida com algo estranho em seu corpo. Ao ser questionada, tirou de suas vestes um bilhete com conteúdo de ameaças. Foi instaurado Procedimento Disciplinar Apuratório em desfavor do sentenciado e encaminhado cópia do bilhete à Delegacia de Polícia de Mirandópolis para providências cabíveis, bem como realizada a suspensão temporária da visitante em questão.

PENITENCIÁRIA “NESTOR CANOA” DE MIRANDÓPOLIS I

Ao ser submetida ao procedimento de revista, foi encontrado 01 (um) jogo de baralho junto aos pertences da companheira de um sentenciado, escondido dentro de uma vasilha de plástico que continha alimentos. Diante do fato, a visitante foi cientificada da suspensão do direito de visitação por tentativa de burlar a segurança da unidade, e o sentenciado isolado preventivamente no Pavilhão Disciplinar.

PENITENCIÁRIA “LUÍS APARECIDO FERNANDES” DE LAVÍNIA II

No último sábado, durante os procedimentos de revista realizados através do scanner corporal, duas visitantes foram flagradas tentando adentrar com materiais ilícitos na Penitenciária II de Lavínia. A primeira visitante, cadastrada como companheira de um sentenciado, foi surpreendida com 01 (uma) folha de micro adesivos coloridos, contendo suposto entorpecente “LSD”, retirando e entregando voluntariamente. A segunda visitante, também cadastrada como companheira de outro sentenciado, trazia consigo 01 (um) aparelho celular, vindo da mesma forma a retirar e entregar voluntariamente. Foram lavrados os respectivos Comunicados de Evento, os sentenciados isolados preventivamente e instaurados Procedimentos Disciplinares para melhor apuração dos fatos. As visitantes, juntamente com os materiais apreendidos, foram apresentadas perante a Autoridade Policial para as providências da Polícia Judiciária, sendo ainda confeccionados expedientes de suspensão do rol de visitas, nos termos da Resolução SAP-144/2010.

 

PENITENCIÁRIA “ASP PAULO GUIMARÃES” DE LAVÍNIA III

Micro aparelhos de telefonia celular são apreendidos durante procedimento de revista para entrada de visitantes. Ao serem submetidas ao aparelho de scanner corporal, duas visitantes do sexo feminino foram surpreendidas tentando adentrar a unidade prisional com 01 (um) micro aparelho celular cada, introduzidos na genitália e no reto das mesmas. Ambas estavam cadastradas como companheira de sentenciado e portavam os celulares envoltos em invólucros revestidos por fita de auto fusão, papel carbono e grafite em pó. As apreensões ocorreram após a verificação das imagens geradas pelo referido equipamento de inspeção corporal, que detectou os ilícitos, sendo que questionadas, as visitantes retiraram voluntariamente os invólucros. As demais providências pertinentes aos casos foram adotadas.

PENITENCIÁRIA “SILVIO YOSHIHICO HINOHARA” DE PRESIDENTE BERNARDES

Por volta das 09h50, durante procedimento de revista através do scanner corporal, uma visitante foi flagrada com 01 (um) aparelho de telefonia celular introduzido em sua genitália, na tentativa de burlar a vigilância da unidade prisional. Diante da apreensão, a visitante foi conduzida à Delegacia de Polícia local, onde foi lavrado o respectivo Boletim de Ocorrência, sendo ainda instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade do sentenciado que receberia o objeto ilícito.

PENITENCIÁRIA DE IRAPURU

Durante os procedimentos de praxe para entrada de visitantes na Penitenciária de Irapuru, duas visitantes foram surpreendidas tentando adentrar com objetos ilícitos. Em uma delas, cadastrada como companheira de um sentenciado, constatou-se a presença de um invólucro em suas partes íntimas, o qual continha 01 (um) micro aparelho celular (sem bateria e sem chip), 02 (dois) pedaço de fios de estanho de aproximadamente 30 (trinta) centímetros, bem como 01 (um) pedaço de cabo blindado, para uso em fone de ouvido. Com a segunda visitante, cadastrada como irmã do sentenciado S.C.P., também foi visualizado um invólucro em suas partes íntima, contendo 01 (um) micro aparelho celular (sem bateria), 02 (dois) chips e 01 (um) pedaço de fio de estanho de aproximadamente 30 (trinta) centímetros. Diante dos fatos, os materiais foram apreendidos, a autoridade policial comunicada e consequentemente as visitantes encaminhadas à Delegacia de Polícia Local para prestar esclarecimentos. Os sentenciados que receberiam as respectivas visitas foram conduzidos preventivamente ao Pavilhão Disciplinar, bem como instaurado procedimento disciplinar e apuração preliminar para apuração dos fatos.

 

DOMINGO (03.11.2019)

PENITENCIÁRIA “ASP ANÍSIO APARECIDO DE OLIVEIRA” DE ANDRADINA

Ao ser submetida a revista de imagem através de scanner corporal, foi observado que uma visitante possuía algo estranho na altura de sua genitália, porém, ao ser questionada, negou qualquer irregularidade. Diante dos fatos, a Polícia Militar foi acionada e a visitante conduzida até uma Unidade de Pronto Atendimento local, onde foi comprovado que a mesma trazia escondido em seu corpo um volume contendo substância aparentando ser entorpecente (maconha), sendo posteriormente levada para a Delegacia Seccional de Andradina para as providências cabíveis. Foi instaurado Procedimento Administrativo afim de apurar os fatos, estando a visitante suspensa do direito de visitar naquela Unidade Prisional.

PENITENCIÁRIA “LUIS APARECIDO FERNANDES” DE LAVÍNIA II

Através de revista realizada por scanner corporal, duas visitantes foram surpreendidas com 01 (um) aparelho celular cada, ambos escondidos no próprio corpo. As visitantes em questão estavam cadastradas como companheiras de sentenciados daquela unidade prisional e diante da descoberta, retiraram e entregaram voluntariamente os objetos ilícitos. Foram lavrados os Comunicados de Evento, os sentenciados isolados preventivamente e instaurados Procedimentos Disciplinares para melhor apuração dos fatos. As visitantes, juntamente com os materiais apreendidos, foram apresentadas perante a Autoridade Policial para as providências da Polícia Judiciária, sendo ainda confeccionados expedientes de suspensão do rol de visitas, nos termos da Resolução SAP-144/2010.

PENITENCIÁRIA “SILVIO YOSHIHICO HINOHARA” DE PRESIDENTE BERNARDES

Suposta droga entorpecente, conhecida como K4, foi apreendida com visitante na Penitenciária de Presidente Bernardes. No último domingo, por volta das 07h00, durante procedimento de revista junto ao equipamento de scanner corporal, uma visitante foi surpreendida com 11 pedaços de papeis, contendo supostamente o entorpecente conhecido como k4, escondido no busto. A visitante em questão foi conduzida à Delegacia de Polícia local, onde foi lavrado o Boletim de Ocorrência. Também foi instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade do sentenciado que receberia o objeto ilícito.

PENITENCIÁRIA DE IRAPURU

Durante os procedimentos de praxe para entrada de visitantes na unidade, ao submeter a Sra. T.L.O.S., irmã do sentenciado E.L.O., foi constatado através do scanner corporal que havia um objeto suspeito em seu órgão genital. De forma espontânea, a visitante se dirigiu ao banheiro feminino da portaria, acompanhada por Agentes de Segurança do mesmo sexo, onde retirou um invólucro contendo 01 (um) micro aparelho celular. Diante do fato, o material foi apreendido, a autoridade policial comunicada e consequentemente a visitante encaminhada à Delegacia de Polícia Local para prestar esclarecimentos. O sentenciado que receberia a visita foi conduzido preventivamente ao Pavilhão Disciplinar, bem como instaurado procedimento disciplinar e apuração preliminar para apuração dos fatos.



Qualquer reclamação, dúvida, comentário ou sugestão são bem vindos.

0800-7723010 | (18) 3851-9020 | (18) 99708-1491

Av. 09 de Julho, 683 - Conj.22 - Centro - Tupi Paulista

[email protected]



Todos os direitos reservados - Permitida a reprodução do conteúdo deste portal desde que autorizada.

Precisando de Internet? Conheça a abcRede Telecom.