Obesidade entra na lista de fatores de risco do coronavírus

Estudo mostrou que 7 em cada 10 pacientes internados com o novo vírus estavam com sobrepeso ou obesidade

Publicado em: 13/04/2020 10:04
ilustrativa

ilustrativa

Os grupos de risco do novo coronavírus indicam as pessoas que têm mais chances de desenvolverem um quadro grave da doença COVID-19. Além dos idosos e doentes crônicos, agora, foram incluídas nessa lista as pessoas com obesidade segundo dados divulgados recentemente.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia - Regional São Paulo (SBEM-SP), um estudo do Centro Nacional de Pesquisa e Auditoria em Terapia Intensiva revelou que 7 em cada 10 pacientes internados em UTIs no Reino Unido com o vírus estavam com sobrepeso ou obesidade.

Isso acontece porque pessoas obesas apresentam menor atividade antiviral - ou seja, são mais fracas imunologicamente na hora de lutar contra o vírus, conforme revelaram vários estudos realizados em animais e também em humanos, de acordo com o endocrinologista Marcio Mancini, da SBEM-SP.

"Pessoas com obesidade têm uma menor atividade citotóxica das células que detectam e destroem invasores, ou seja, vírus, bactérias e mesmo células cancerígenas", explica o especialista. Portanto, os pacientes nessas condições estão no grupo de risco para uma infecção mais séria da doença.


Consequências da obesidade
Além disso, a World Obesity Society (Sociedade Mundial de Obesidade) já apontou que pessoas obesas em todo o mundo já estão em alto risco de complicações graves da COVID-19, apenas por conta do aumento do risco das doenças crônicas que a obesidade pode provocar.

A COVID-19, na verdade, não é a primeira doença que faz os obesos estarem em um grupo de risco. O mesmo aconteceu durante a pandemia da gripe H1N1, em 2009. "Estudos com metanálises, que avaliaram pacientes com obesidade e H1N1 demonstraram um risco mais de duas vezes maior de internação em UTI e mortalidade", conta Mancini.

A situação ainda se agrava além da condição do vírus, porque indivíduos com obesidade que se isolam e evitam o contato social já estão estigmatizados e podem experimentar taxas ainda mais altas de depressão E vale lembrar que, no Brasil, mais da metade da população adulta está com excesso de peso (55,7%).

Riscos da obesidade
Obesidade aumenta 70% no Brasil e pode levar à morte; veja riscos

Obesidade é responsável por 30% dos casos de câncer

Sobrepeso e obesidade aumentam risco de hipertensão em crianças



Qualquer reclamação, dúvida, comentário ou sugestão são bem vindos.

0800-7723010 | (18) 3851-9020 | (18) 99708-1491

Av. 09 de Julho, 683 - Conj.22 - Centro - Tupi Paulista

[email protected]



Todos os direitos reservados - Permitida a reprodução do conteúdo deste portal desde que autorizada.

Precisando de Internet? Conheça a abcRede Telecom.