Preste atenção nos cuidados depois da tatuagem

Publicado em: 13/08/2018 02:08
(Foto: Ilustrativa)

(Foto: Ilustrativa)

Muitas pessoas passam anos planejando o desenho de sua tatuagem. Outras fazem no impulso, correndo o risco de se arrepender depois. Independente da escolha, depois de feita, ela precisa de cuidados. "A tatuagem nada mais é que uma ferida e, como tal, exige cuidados de higienização e cicatrização", afirma a dermatologista Flávia Martelli, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Desde a higienização até o uso do papel-filme, preste atenção a algumas recomendações de especialistas para que tudo ocorra bem na cicatrização.

Higienize adequadamente

A limpeza frequente evita infecções. É importante o uso de sabonetes antissépticos antes da troca do filme plástico e do uso da pomada, para retirar o produto utilizado nas vezes anteriores. "A lavagem pode ser feita a partir do dia seguinte ao procedimento e deve ser mantida enquanto a pele possuir casquinha e aspecto de ferida, o que pode se prolongar por até um mês", conta a dermatologista Flávia Martelli.

Essa higienização pode ser feita durante o banho. Não use buchas, nem sabonetes com cheiro forte para limpar a região, pois isso faz com que a incidência de alergias aumente e o processo de cicatrização seja prejudicado.

Use a pomada corretamente

Um dos cuidados do tatuador é passar pomada na tatuagem antes de você sair do estúdio. Esse hábito deve ser mantido em casa. Segundo a dermatologista Flávia Martelli, o comum é usar pomadas como bepantol, que ajudam na cicatrização. "Pomadas com ação antibiótica também podem ser utilizadas, mas como é mais difícil comprá-las sem receita na farmácia, aquelas à base de bepantol são utilizadas com sucesso", diz a especialista.

Nos primeiros dias, o ideal é que a pomada seja passada de uma a três vezes ao dia, sendo a principal delas de noite, antes de dormir. O seu uso deve ser mantido, ao menos, durante os 20 primeiros dias.

Não prolongue o uso do filme plástico

O filme plástico funciona junto à pomada na proteção do desenho. "O isolamento da área com papel-filme facilita a absorção de agentes presentes nos cremes e ajuda a evitar infecções", afirma o dermatologista Beni Moreinas Grinblat, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia Regional São Paulo (SBD-SP).

"No entanto, não se deve ultrapassar o período de três dias com o mesmo filme, pois isso poderá facilitar o crescimento de bactérias", alerta a dermatologista Daniele Murga, da Sociedade Brasileira de Dermatologia. "No período de uso do filme, ele deve ser trocado toda vez que houver higienização e/ou uso da pomada."

Não exponha o local ao sol

Muitas vezes, o orgulho da nova tatuagem é tão grande que a vontade é sair mostrando, certo? Tudo estaria certo, se não fosse um pequeno detalhe: o sol. "O sol pode interferir na cicatrização e fixação dos pigmentos", alerta Daniele Murga. "A radiação UV atinge a derme e provoca um processo inflamatório que resulta na reabsorção dos pigmentos."

Por isso, a recomendação de Flávia Martelli é a utilização de proteção solar, seja ela com protetores solares ou roupas. "Dê preferência aos protetores solares para bebês, que formam uma camada protetora sobre a pele e causam menos alergias", diz a dermatologista.

Nada de puxar a casquinha

A curiosidade para ver o resultado final da tatuagem é grande, mas nada de puxar a casquinha! Além de ela cair sozinha, puxá-la pode deixar sua pele exposta a infecções. "A crosta está ali por um motivo, proteger uma pele que não está pronta para ser exposta", afirma Flávia. "Removendo-a, você está expondo a pele que não está pronta."

Não coce o local da tatuagem

É normal que dê aquela coceirinha depois de fazermos uma tatuagem, mas é preciso resistir a essa vontade. A dica da dermatologista Flávia é, em vez de coçar, dar tapinhas de leve no local. "Os tapinhas aliviam sem prejudicar a cicatrização, mas só de levinho", explica. No entanto, quando a coceira está muito forte, o ideal é retornar ao tatuador ou procurar um dermatologista, já que isso pode ser uma reação alérgica até mesmo à tinta.

Evite ir a praia

Além de se expor ao sol, na praia você também se expõe a mais infecções. Por isso, os dermatologistas orientam ficar longe desse ambiente, assim como de piscinas e clubes - onde fica mais fácil contrair uma infecção.

Segundo o tatuador Fabio Satori, da Satori Tattoo, em São Paulo, cada organismo reage de uma forma. "Tem-se notado que esses tipos de comidas podem causar alergias no local tatuado de algumas pessoas e, por isso, recomendamos que sejam evitados alimentos muito condimentados e gordurosos para todas as pessoas, por prevenção mesmo", afirma. Mas o problema é a ingestão em excesso. Fábio afirma que não há problemas, por exemplo, em comer um bombom ou um hambúrguer - o problema é devorar uma caixa de bombons ou uma feijoada.



Qualquer reclamação, dúvida, comentário ou sugestão são bem vindos.

0800-7723010 | (18) 3851-9020 | (18) 99708-1491

Av. 09 de Julho, 683 - Conj.22 - Centro - Tupi Paulista

[email protected]



Todos os direitos reservados - Permitida a reprodução do conteúdo deste portal desde que autorizada.

Precisando de Internet? Conheça a abcRede Telecom.